H

Habilidade

Capacidade de agir no âmbito da linguagem ao ouvir com compreensão, falar, ler e escrever uma língua adquirida.

V. tb.: Capacidade, Competência, Audiolingualismo, Quatro habilidades comunicativas.

Heterogeneidade Linguistica

Diversidade no desempenho linguístico de grupos sociais. De um modo geral, pode-se dizer que os fatores determinantes da heterogeneidade linguística são três: o situacional; o geográfico, responsável pela divergência linguística entre comunidades fisicamente distantes; o social, responsável pela divergência linguística entre distintos subgrupos de uma comunidade local, sendo fatores potencialmente distintivos: a estratificação social, a faixa etária, o gênero, a ocupação profissional dos falantes e o registro de uso que vai desde o uso mais coloquial até o mais formal.

V. tb.: Linguagem, Língua, Pidgin.

Hipótese

Asserção que se coloca explicitamente numa pesquisa quantitativa experimental para que seja provada ou falseada.

V. tb.: Asserção de pesquisa, Pergunta de pesquisa, Pesquisa quantitativa, Pressuposto.

Hipótese da distinção entre Aquisição e Aprendizagem

Diferenciação entre os conceitos de adquirir subconscientemente a capacidade de operar comunicativamente numa dada língua que se aprende e aprender conscientemente regras de funcionamento dessa língua-alvo.

V.tb.: Aquisição de Segunda Língua, Aprendizagem de Línguas.

Hipótese da Ordem Natural

Premissa de que tanto na língua materna das crianças como em segundas línguas adquiridas elementos morfêmicos, fórmulas e regras são processados numa dada ordem previsível e universal. Por exemplo, o presente gerundivo, os marcadores de pluralidade, e sentenças na voz ativa são adquiridas antes de terminações das pessoas dos verbos ou frases na voz passiva.

V. tb.: Hipóteses da distinção entre Aquisição e Aprendizagem, Hipótese do Monitor.

Hipótese do Insumo

Postulação de que a compreensão de uma língua em amplo uso para comunicação e oportunidades de lidar com essa língua na interação são um pressuposto basilar para que a aquisição da nova língua tenha lugar. Há condições para se fazer um melhor uso do insumo.

V.tb.: Insumo+1, insumo ótimo.

Hipótese do Monitor

Pressuposto de que na impossibilidade de se processar insumo como aquisição, o ingresso de insumo seja dirigido a um monitor consciente de regras que podem, assim, ser aprendidas e aplicadas, se houver tempo para tal.

V.tb.: Hipótese da Distinção entre Aquisição e Aprendizagem.