Para ler ouvindo:

Antes de vir para Hong Kong estava um pouco inseguro em relação a(s) língua(s) falada(s) aqui. Alguns me diziam que muita gente falava inglês, outros que não era bem assim... Estava com bastante medo de não conseguir entender nada, nem ser entendido. Até agora a minha análise é que há uma confusão de línguas por aqui, mas no fim todo mundo se entende. Santa Comunicação!

Oficialmente falando, as línguas oficiais são o Chinês e o Inglês, esse sendo mais usado pelo governo e pelos setores de negócios em geral. E pelo seu histórico como colônia britânica e atual status de business city, muita gente fala inglês, nem que for um pouquinho. Claro que já passei muitos apertos aqui, mas no fim todo mundo se entende.

A questão é: eu estava com medo a toa. Dá pra se virar muito bem em inglês por aqui...

Mas... Não é tão fácil assim não... Eu sei, é complexo! Estatisticamente falando, 89.5% da população fala Cantonês - um dos dialetos chineses. (Pelo que percebi há um grande debate ideológico aqui sobre língua versus dialeto). E é assim que as pessoas se comunicam aqui, em cantonês. Em rodas de conversa, bate-papo entre amigos, telejornais locais é cantonês que se ouve.

No entanto, nas universidades, por exemplo, todas as aulas são dadas em inglês, com excessão da Chinese University, que preserva as tradições e a língua. Nos bares e restaurantes, na grande maioria das vezes há um funcionário que fala inglês. Nas lojas, shoppings, pontos turísticos, baladas muitos falam inglês.

O mais interessante é ver como as pessoas convivem com as línguas e trocam de uma pra outra em vários momentos do dia. Nos bares isso é bastante comum, as pessoas se engajam em vários diálogos, cada um em uma língua e todos se entrecruzam. Acho isso muito doido, principalmente pra gente que pertence a um país enorme unificado por uma língua só.

Deem uma olhada nesse infográfico sobre o Cantonês:

Pra aprender a contar também é bem fácil, ó:

Já na China Continental, a Mainland China, as coisas são um pouco diferentes e mais complexas ainda... Deem uma olhada nesse infográfico sobre o Mandarim.

Pedi ajuda a minha amiga Tracy para entender um pouco mais sobre as línguas e dialetos da China. Olha só o papo que a gente teve:


Simpática ela, né? Deu pra perceber como o lugar é riquíssimo em termos de língua(gem), né? Acho que ainda terei que fazer outros posts sobre o assunto.

Espero que tenha dado pra entender um pouco da confusão organizada que é se comunicar aqui.

Um abraço e até o próximo pedaço do Sanduíche Chinês!

Comentários  

# Glaucio Fernandes 08-11-2014 10:48
I enjoyed the way you presented this interesting topic about language(s) in Hong Kong.
Tracy is a lovely person. :D
Hugs
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

#7 - O último pedaço!

#7 -  O último pedaço!

#6 - O estrangeiro brazuca e a(s) língua…

#6 - O estrangeiro brazuca e a(s) língua(s)

#5 - Saboreando a confusão de línguas de…

#5 - Saboreando a confusão de línguas de Hong Kong

#4 - PLANTÃO #UmbrellaRevolution

#4 - PLANTÃO #UmbrellaRevolution

#3 - Descobrindo os ingredientes brasile…

#3 - Descobrindo os ingredientes brasileiros tipo-exportação

#2 - Revendo a lista de ingredientes

#2 - Revendo a lista de ingredientes

#1 - Desembalando o sanduíche

#1 - Desembalando o sanduíche