Para ler ouvindo:

Enfim, cheguei! Após uma maratona de 32 horas com vôos e esperas, cheguei em Hong Kong. Quente pra dedéu! Temperatura e umidade nas alturas! Um ar de cidade turística - muitas montanhas, árvores, mar. Um ar de megalópole - muitos prédios, carros, poluição. Uma mistura bem interessante!

Durante os vôos eu já ia percebendo que, quanto mais o tempo passava, mais eu ia entrando em contato com várias nacionalidades, e mais eu ia ficando sem entender nada! É meio desesperador perceber que você está emudecido, sem ter como entender e se fazer entendido. Mas, passa... Aos poucos já estou me adaptando.

 Cheguei e fui descobrir onde ia morar. Estou ficando no St. John's College - um dos inúmeros alojamentos (Residential Halls) da universidade. St. John's é composto de dois prédios: um voltado pros alunos da graduação e outro pros de pós-graduação e pesquisadores visitantes, e é nesse que estou. O prédio é bem legal. Deem uma olhada no quarto que estou:

Bem, o prédio tem muitos estudantes internacionais, mas a maioria são os da Mainland China, a China Continental (excluindo Hong Kong e Macau, que são Regiões Administrativas Especiais). É, tem isso... Aqui eles enfatizam bem essa diferença. Quando pergunto a algum chinês de onde ele é, escuto duas respostas: "I'm from Hong Kong" ou "I'm from Mainland China". Eles fazem questão de marcar isso. Há também muitos estudantes internacionais. Em um tour organizado pelo college conheci alguns deles, mestrandos e doutorandos dos Estados Unidos, Malásia, Israel, Bangladesh, Dubai, Itália, Japão e Austrália, por exemplo.

E quando falo que sou o Ronaldo do Brasil, adivinhem o que acontece? 
(A) "MEU DEUS, VOCÊ JOGA FUTEBOL???
(B) "RONALDO? MEU DEUS VOCÊ JOGA FUTEBOL???"
(C) "NOSSA, ME EXPLICA COMO VOCÊS PERDERAM DA ALEMANHA?!"
(D) TODAS AS ANTERIORES.

Resposta meio óbvia, né! É impressionante como o futebol ainda é o nosso ingrediente mais conhecido mundialmente. E aqui do outro lado do mundo eles tem muito carinho pela Seleção Brasileira. Parece a gente na copa! Estou nadando na piscina da universidade e vejo muitas havaianas com bandeiras do brasil, mochilas da CBF, rapazes jogando bola com a camisa do Brasil...

Conheci dois mestrandos em Direito de Bangladesh. Eles me disseram que lá metade da população torce e é fanática pelo Brasil. A outra metade torce e é fanática pela Argentina. Eles ficaram muito frustrados com o resultado da copa! Até o que adora a Argentina disse ter lamentado! 

Já esperava essa fixação pelo futebol. Afinal, um brasileiro chamado Ronaldo já está acostumado! :p Mas não é só isso... Há outros ingredientes brasileiros presentes por aqui...

Paulo Freire na Educação. Dilma e Lula na política. Bebel Gilberto na música. Gisele Bündchen na moda. Tropa de Elite no cinema. Brasil no Futebol. Ou seria Futebol no Brasil?!

Esses são os ingredientes que foram levantados aqui nessa primeira semana. O mais legal é a curiosidade, o interesse e a vontade de saber mais que as pessoas demonstram. Fui muito bem recebido pelos estudantes daqui... Os chineses são muito gentis, muito sorridentes!

E que fique claro, eles parecem ter gostado de Serenata de Amor e Paçoquita! ;)

Ronaldo Gomes
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Doutorando em Linguística Aplicada pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor de Língua Inglesa do Instituto Federal de Minas Gerais (Campus Ouro Preto) por convicção, missão e diversão. Viciado em internet, séries e tecnologias em geral. Gosta de convites pra bate-papos com bons amigos, bons vinhos e boas cervejas!

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

#7 - O último pedaço!

#7 -  O último pedaço!

#6 - O estrangeiro brazuca e a(s) língua…

#6 - O estrangeiro brazuca e a(s) língua(s)

#5 - Saboreando a confusão de línguas de…

#5 - Saboreando a confusão de línguas de Hong Kong

#4 - PLANTÃO #UmbrellaRevolution

#4 - PLANTÃO #UmbrellaRevolution

#3 - Descobrindo os ingredientes brasile…

#3 - Descobrindo os ingredientes brasileiros tipo-exportação

#2 - Revendo a lista de ingredientes

#2 - Revendo a lista de ingredientes

#1 - Desembalando o sanduíche

#1 - Desembalando o sanduíche