Amélia

Foto: Washington Ribeiro (wrbk.com.br)Amélia disse à professora Janete: - Não tenho dinheiro agora, mas peguei roupa pra lavar e, quando receber, pago as aulas da menina. Hoje me perguntam: - como você dá conta? Faz doutorado, tem dois filhos pequenos, cuida da casa, é professora... E eu me pergunto: - posso não dar conta de qualquer coisa nessa vida?

No ar

Quando viajava de Brasília para Belo Horizonte, para ter aulas de literatura, emaranhada em tantos pensamentos, não se sentia culpada. Sentia que um mundo fantástico a esperava para descobri-lo, como o enigma da esfinge: “decifra-me ou devoro-te”. Quando voltava, era outro mundo... Filhos, marido, família, trabalho...

Poema de amor

Poema de amor

Não quero mais rezar

Não quero mais rezar

Os Poetas e os Cineastas

Os Poetas e os Cineastas

Materna-idade

Materna-idade

Parto sem dor

Parto sem dor

A Manicure e a novela: Pequenas felicida…

A Manicure e a novela: Pequenas felicidades!

Mundo Face

Mundo Face