Algumas semanas atrás, conversava com a Leila Ribeiro sobre o que é ser criativo, e nos perguntávamos sobre como estimular a criatividade na vida das pessoas. Logo em seguida, eu viajei, e cheguei com uma boa resposta para nossas perguntas: viajar é preciso!

Fui a Buenos Aires, conheci lugares incríveis; da nobreza e sofisticação do teatro Colón às cores e feliz simplicidade do Caminito, uma salada cromática em forma de bairro, que me cativou desde o primeiro contato.

Observei, logo nas primeiras andadas pela cidade, como os argentinos vivem, respiram e consomem design (ou frufrus, como preferirem, rs): as lojas nos convidam a entrar com lousas decoradas manualmente nas calçadas, cheias de tipografia e ornamentos de todos os tipos, feitos com giz de cores vibrantes; coisa pouco comum aqui no Brasil, que fez meus olhos brilharem.
Cafés, chás e uma série de programas que incentivam o estado de relaxamento. Um convite a experimentar novos sabores, texturas, cores, que também me inspiraram demais.

Confesso que senti um pouco de inveja dos nossos hermanos, ao observar o novo e o velho convivendo num ambiente totalmente propício aos ciclistas e suas magrelas; e que a cobrança da tarifa de ônibus, por exemplo, é feita numa relação de confiança: o passageiro diz ao motorista até onde vai, e é sua palavra que determina o valor de sua passagem. Isso não daria certo no Brasil, pois o jeitinho trapaceiro brasileiro está no sangue e é exatamente para evitar pequenos golpes a todo momento que temos catracas...

Uma semana depois, peguei um barco e fui ao Uruguai, para conhecer sua capital e a lindíssima Colonia del Sacramento. Mas, este não é um post do tipo diário de viagem, e o que quero dizer é que, como essa viagem fez bem ao meu "lado criativo do cérebro", instigando a todo instante o meu olhar, quero te convidar a viajar também. Mas não precisa ser pra outro Estado ou pra fora do país, pode ser aí mesmo, onde você está!

Uma nova sonoridade pode te levar a uma outra dimensão, mudar sua percepção e forma de ver o mundo. Mas a viagem pode ser também um novo sabor, uma cor diferente numa parede da sala ou um novo objeto decorando a mesinha ao lado da cama.

Já me perguntaram várias vezes sobre como se dá meu processo criativo. E não é uma das missões mais fáceis explicar, viu?
Acho que evoluí quando comecei a me importar menos com o que pensam de mim e saí da minha zona de conforto (literalmente). Um bom exemplo, é o dia em que eu saí de casa pra ir a uma perfumaria de um grande shopping da cidade, só pra provar quase todos os perfumes da loja (brincadeira, foram só alguns!) até encontrar o cheiro perfeito que me ajudaria a desenvolver um acessório de cabeça pra um trabalho da faculdade. Acreditem: fez toda a diferença. Quando o bloqueio criativo aparecia, uma boa música e o cheirinho me ajudavam.

Se funcionou? Sim, deu super certo e eu tirei nota 10 no trabalho! Esse foi um truque e um caso à parte, que descobri depois de alguns testes na procura por novos estímulos; mas poderia ser qualquer outra coisa.

E você, há quanto tempo não experimenta algo novo? há quanto tempo usa o mesmo perfume ou o mesmo batom?

Inovar é preciso, pra gente se conhecer melhor e trazer coisas novas para o mundo, que por sua vez, ajudarão outras pessoas a se conhecerem melhor e criarem coisas novas também.

Creio que o anseio de todo bom professor seja fazer seus alunos se interessarem pelo que ele tem a ensinar. Mas, reflita comigo: como você tem feito isso? Tem se esforçado pra levar conhecimento de forma inovadora?

Que tal aproveitar e começar agora? Olhe pro lado e tente mudar algo que já está parado perto de você há muito tempo; vá a uma exposição legal, que esteja acontecendo na sua cidade; experimente começar a aula de um jeito diferente, inserir imagens diferentes naquele power point que você prepara com todo esforço depois de horas de pesquisa...

Viaje, ouse, experimente, Alice! E conte comigo ;) Espero poder te ajudar com este e os próximos posts!

P.s.: ficou curioso pra saber sobre a minha viagem?

Preparei uma série de posts com fotos, vídeos e muitas dicas legais sobre Buenos Aires, Montevidéu e Colonia del Sacramento. Se tiver afim de ver, é só dar uma passada no meu blog (/), tá?!

Bjs do Math e até a próxima!

Matheus Fernandes
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Personal stylist, estudante de moda e web designer.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

É Preciso Viajar

É Preciso Viajar

10 peças indispensáveis no mundo masculi…

10 peças indispensáveis no mundo masculino

Looks de fim de ano 2013

Looks de fim de ano 2013

Professores com estilo

Professores com estilo