A vigésima Conferência Internacional iEARN (International Education and Resource Network) e a décima sétima Cimeira da Juventude, concluídas com sucesso em 5 de julho, no Qatar, foram evento no qual os participantes professores e alunos de ensino médio de vários países concordaram que devem fazer mais uso de tecnologias relevantes na educação para comunicar, aprender, colaborar e juntos construir um mundo melhor.

Esta conferência fez que o Qatar se tornasse o primeiro país do Golfo a sediá-la desde que o evento começou em 1994. A Conferência deste ano reuniu cerca de 700 professores, estudantes e especialistas em tecnologia da informação de mais de 50 países, entre os quais se encontravam dois estudantes e sete professores brasileiros , para compartilhar e aprender sobre o uso da tecnologia em salas de aula. Ao longo de cinco dias, os delegados participaram ativamente de sessões interativas, oficinas, mesas redondas, grupos de discussão além da cerimônia de fechamento.

"O fórum deste ano provou que a agenda de iEARN é extremamente relevante e atual. Estamos trabalhando em conjunto com educadores para alcançar o progresso e realizar nossas aspirações de um mundo onde todos estão conectados e onde todos podem se beneficiar e participar do mundo digital ", disse o sr. Essa Al Mannai, diretor executivo de ROTA (Reach Out to Asia), patrocinador do evento, cujas palavras foram proferidas durante a mesa-redonda sobre ferramentas de mídia social na educação.

Esta sessão foi muito bem recebida pelos jovens que foram cativados pelas mídias sociais onde soltam a imaginação de uma nova geração. Os palestrantes enfatizaram a necessidade de repensar as formas tradicionais de ensino e aprendizagem de comunicação e informação e levantaram os prós e contras de diferentes ferramentas de mídia social e propondo como utilizá-los de forma significativa nas aulas.

Uma das sessões demonstrou alguns projetos iEARN que utiliza a tecnologia móvel e analisou ​​os fundamentos pedagógicos básicos de aprendizagem móvel relacionados a projetos iEARN.

Outro projeto inspirador na web testemunhado pelos participantes foi “MEU HERÓI ", que ofereceu um acervo de milhares de histórias de heróis de todas as esferas da vida. Esta sessão exibiu documentários sobre pessoas que têm impactado as suas comunidades por salvar vidas, trazer mudanças positivas ou ajudar as pessoas a se tornar melhores.

A conferência ganhou impulso com oradores de renome mundial, o Dr. Mohammed Ally e Dr. Essam Heggy que abordaram temas como a dívida educacional, e ciência espacial e assim inspirar as gerações futuras.

Mas como este era um evento de interação de culturas não podia faltar um dia cultural e os participantes puderam aderir a passeios culturais ao Museu de Arte Islâmica, Safari no mar interior, e até uma visita ao Souk (mercado típico Arabe).

Entre os vários workshops e palestras, a professora brasileira, Rosemeire Gimenez apresentou a sua experiência do uso de vídeos feitos por alunos da escola pública de ensino fundamental na aprendizagem de língua inglesa em São Paulo. 

A professora, Claudia Batista, da Educadores Globais e Secretaria de Educação do DF junto com Cathy Healy, Salman Al Muhannadi, Justin Kramer e Ben Robinson participou de uma mesa-redonda que explorou o papel de filmes feitos por alunos na educação. Os palestrantes destacaram a relevância da ferramenta visual para tornar a educação mais eficaz e simples.

Também os alunos dos países participantes tiveram a chance de mostrar suas tradições e cultura, em um momento chamado a noite cultural. Ao longo de quatro horas, os alunos e professores fizeram um show incrível que manifestou o sentido da "aldeia global" em uma celebração espontânea e espetacular da diversidade cultural dentro da rede iEARN.

Vale ressaltar que a ROTA forneceu bolsas de participação a 30 professores e alunos para ajudá-los a viajar para o Qatar e participar da conferência. A equipe de TI da ROTA também possibilitou que as principais apresentações da conferência foram transmitidos ao vivo, e mais de 2.000 pessoas assistiram à conferência on-line.

Sem sombra de dúvida foi uma experiência única para todos os participantes que voltaram para casa com anseios de ajudar, como educadores, a contribuir para uma melhor qualidade da educação.

(adaptação do release http://www.reachouttoasia.org por Isabel Patricia Faustino)

Educadores Globais
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Educadores Globais tem como objetivo principal abrir caminhos a professores por meio de projetos que sejam motivadores e que promovam engajamento social, cultural e educacional e os projetos de intercâmbio são um dos vários projetos realizados pelo grupo de professoras.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

País rico é país educado

País rico é país educado

Deserto multicor no Planalto Central

Deserto multicor no Planalto Central

Educação Inclusiva no DF

Educação Inclusiva no DF

Desejando um Mundo Melhor – Cerf Volants…

Desejando um Mundo Melhor – Cerf Volants pour la Paix

2014 Ano iEARN no Brasil

2014 Ano iEARN no Brasil

The Image Conference – “Os meus alunos p…

The Image Conference – “Os meus alunos produziram um vídeo. E agora?”

Metas e Meios

Metas e Meios