Quando se fala em opressão de gênero há quem julgue exagero. Em uma sociedade onde o machismo impera, não é difícil encontrar exemplos e na escola, por incrível que pareça, há vários!

Um caso de uma professora de educação infantil mobilizou a internet com um desses exemplos. Em seu relato, a educadora conta que levou uma chamada dos superiores por estar usando uma saia. Ponto. Uma saia. Um pedaço de pano. Uma peça de roupa causou um alvoroço desnecessário e sem cabimento.

Lígia, a professora, com certeza não foi a única impedida de vestir o que quer e gosta com a desculpa de que é uma roupa "inadequada" para a escola. Havia muitos outros relatos nos comentários de professoras que apoiaram Lígia em seu desabafo.

Tive muita empatia com o desabafo de Lígia pois, como também sou docente, já vivi situações em que recebi "instruções" de uso "adequado" de roupas. Recebi uma camiseta como uniforme e falaram que o restante era livre, desde que não fosse curto, transparente, justo, decotado e etc... isso incluia o não uso de calças leggings. Eu, que detesto jeans, me vi obrigada a usá-lo e ficar desconfortável todos os dias.

Mas... será que somos obrigadas mesmo? Quem foi que disse que professoras não usam saias, vestidos, regatas, leggings? Quem foi que disse que temos que usar roupas que não gostamos para ficarmos adequadas e não chamarmos a atenção dos alunos (pois são homens e estão com os hormônios a mil como nos explicam)?

Por que NÓS, professoras/mulheres, é que temos que nos sujeitar a essas coisas e não a sociedade que deve aprender a lidar que corpo todo mundo tem e todo mundo o veste da maneira que desejar? Como disse Lígia: "Se o problema é a sexualidade ou questões de gênero, não vamos mascarar, vamos conversar". A escola precisa se abrir para o diálogo SIM. É nosso maior dever de cidadãos que formam outros cidadãos!

É, minha gente, esse tema dá pano pra muita manga e infelizmente não terminaremos a costura ainda hoje :/

Comentários  

# Simone da Silva 03-03-2015 20:11
Quem foi que disse que temos que usar roupas que não gostamos para ficarmos adequadas e não chamarmos a atenção dos alunos, ou em empresas, de qualquer outro funcionário?
Quem dita isso é o bom senso. Não é qualquer roupa que vai ao trabalho. E, definitivamente, legging não é roupa de trabalho, principalmente de um profissional que merece respeito.
Responder | Responder com citação | Citar
# Auristela Ferreira F 04-03-2015 05:57
Lígia, não acredito que isso tenha sido desrespeito para com você e nem que usar saia te desqualifique como professora , pelo contrário, sua competência não está em questão. Ocorre que até os uniformes das meninas são shorts saia, você está bem arrumada, comportada mas se precisar sentar-se junto as crianças já fica mais difícil não é mesmo? E esses pequenos sempre precisam de nossa ajuda. Não leve esta orientação tão a sério assim, por vezes temos que seguir algumas regras em nossos trabalhos ou porque trabalhamos com menores, adolescentes, adultos enfim, sempre terá uma regra. Não vamos usar a semana da mulher para acreditar que isso tenha haver com machismo, não acredito nisso... Já conseguimos nosso espaço no mundo e isso ninguém mais tira.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Vamos para o Festival Path?

Vamos para o Festival Path?

LAB Educação inaugura o primeiro espaço …

LAB Educação inaugura o primeiro espaço maker do Brasil focado no ensino básico

Beaba do Câncer

Beaba do Câncer

Catarse e o crowdfunding

Catarse e o crowdfunding

Eventos criativos em Brasília

Eventos criativos em Brasília

Seminário Internacional REA

Seminário Internacional REA

Seminário Amplifica

Seminário Amplifica